19 de agosto de 2014

Governo inaugura nova central de triagem

 



A Susipe (Superintendência do Sistema Penitenciário do Pará) inaugura hoje (18), a nova Central de Triagem Masculina de Santarém (CTMS – foto). Com um investimento em torno de R$ 4 milhões Governo do Estado, a nova unidade prisional terá 316 vagas para presos do regime provisório.

Com a inauguração, a antiga Central de Triagem de Santarém, anexa ao prédio da Polícia Civil, na travessa Silvino Pinto, será desativada.

O espaço, futuramente, irá se transformar em um novo centro de detenção para custodiar apenas internos do regime semiaberto. Os 70 presos provisórios da antiga central de triagem, além de 163 detentos também provisórios custodiados, atualmente, no Centro de Recuperação Agrícola Silvio Hall de Moura, deverão ser transferidos para a nova unidade.

A Susipe iniciou a construção da nova central de triagem em 2011, já nos padrões de acessibilidade a internos portadores de necessidades especiais, além de contar com um sistema anti-incêndio.

O modelo é o mesmo adotado na construção de outros presídios no Pará. “Outra novidade é que esta será a primeira unidade prisional do Estado a usar um sistema sustentável de reaproveitamento da água da chuva para a rede sanitária, jardinagem e limpeza da unidade”, informou o Superintende da Susipe André Cunha.



A Central de Triagem Masculina de Santarém tem dois blocos, cada um com doze celas coletivas para doze internos, duas celas para portadores de necessidades especiais e duas celas de isolamento para seis internos cada. No total são 158 vagas por bloco.

A nova unidade prisional tem dois solários com 120 metros quadrados cada, além de consultórios médicos e odontológicos, enfermaria e quatro salas de aula. Na nova unidade prisional, os agentes penitenciários vão monitorar os internos de um andar superior, o que garante maior nível de segurança contra possíveis tentativas de fugas, motins ou rebeliões.

O governo do Estado está investindo mais de R$ 100 milhões na construção de 20 novos centros de detenção no Pará. Até o fim de 2014, a meta é criar cerca de três mil novas vagas no sistema prisional do Estado.

Atualmente, 17 novas unidades prisionais estão em construção nos municípios de Bragança, Marabá, Parauapebas, Paragominas, Santarém, Santa Izabel do Pará, São Felix do Xingu, Tomé-Açu e Vitória do Xingu. No total, mais de seis mil novas vagas serão contratadas até 2015.

Fonte: Susipe / Blog Jeso 

Nenhum comentário:

CONFIRA ABAIXO NOTÍCIAS QUE FORAM DESTAQUE