9 de abril de 2015

Técnicos do DNIT visitam trecho da BR 163 em Santarém




Uma equipe de técnicos da Diretoria de Planejamento e Pesquisa do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) esteve em Santarém na manhã desta quarta-feira (08) visitando o trecho da BR 163, proposto no projeto de adequação e alargamento do órgão federal. Pelo DNIT estiveram presentes os analistas Thiago Ferreira, Ana Maria Soares e Desidério Torres. Pela Prefeitura acompanharam a visita, os secretários Edilson Pimentel (SEMINFRA), Nélio Aguiar (Planejamento) e coordenador de Habitação e Desenvolvimento Urbano, Dilson Quaresma.


Os técnicos chegaram a Santarém, ontem, terça-feira (07), e participaram de reunião com o prefeito Alexandre Von. A visita atende a uma solicitação feita pelo prefeito, no mês de março desse ano, durante reunião com o diretor interino do DNIT, Adailton Cardoso Dias. O projeto destina-se a adequação da Rodovia de maneira a atender os Municípios de Santarém, Belterra e Mojuí dos Campos.


Os técnicos apresentaram um projeto no primeiro trecho de 12 km entre o Porto de Santarém e a comunidade de Cipoal. O Município de Santarém defende que esse projeto tenha uma sequência para atender Belterra e Mojuí dos Campos, até o km 37.


“Pontuamos os gargalos que precisam ser transpostos nesse trecho, que compreende a necessidade de alargar o leito da BR no trecho urbano, bem como a conclusão do viaduto na Fernando Guilhon, que ainda tem uma terceira alça a ser feita, o elevado da Moaçara com a Cuiabá, para permitir a continuação da Moaçara em direção ao bairro do Santarenzinho. Além do gargalo da serra do Piquiatuba, que precisa ser encontrado uma solução de engenharia”, ponderou o prefeito Alexandre Von.

A proposta da Prefeitura, a partir de um trabalho realizado por consultoria especializada, nos primeiros 12 km é a redução do canteiro central, ampliação das pistas de rolamento, de duas para três, com ciclovia. Esse projeto já será estudado pelo DNIT como forma a atender o ponto mais crítico da Rodovia, nos primeiros 2 km, que vão do Porto até o viaduto, no cruzamento da Fernando Guilhon com a Cuiabá.

CCOM/PMS

Nenhum comentário:

CONFIRA ABAIXO NOTÍCIAS QUE FORAM DESTAQUE