4 de junho de 2015

Caso São Brás : Familiares das vitimas do acidente acusam empresa Borges de não estar colaborando




Familiares e amigos das vitimas do trágico acidente que aconteceu  no final da tarde de quarta-feira (6), de maio na Rodovia Everaldo Martins (PA-457),  no Km 7 da rodovia, na comunidade São Brás, onde vitimou Tereza da Rocha Queiroz, de 58 anos, e Ryan Kaique Pereira Queiroz, de 10 anos.

Os familiares foram até as dependências da 16ª Seccional de Policia Civil para um protesto, não contra a policia mais sim para chamar a atenção da IMPRENSA, a respeito do descaso que segundo parentes acusam a empresa Borges de descaso.

Nossa reportagem conversou com uma das filhas da senhora que perdeu a vida no acidente, Tania da Rocha Queiroz, disse que até o presente momento a empresa BORGES ainda não pagou nem o funeral das vitimas. Ela falou que gostaria que os donos da empresa tivessem respeito pela dor da família e que arcassem com as responsabilidades, ela acrescentou que a família quer e exige que eles façam a sua parte em ajudar a família com as despesas do acidente.

Tania disse que além de sua mãe e da criança que morreu ainda esta no hospital Regional a terceira vitima  do acidente.

Ela falou que até agora o motorista que estava no ônibus nunca apareceu, segundo ela a família já tem em mãos a foto do condutor do ônibus. " Já temos o nome do motorista que se chama Vilmar, ele não era funcionário da empresa, não tinha registro algum no sindicato". Finalizou.

Com a palavra a empresa Borges. 

Fonte : ELIAS JUNIOR NOTÍCIAS

Nenhum comentário:

CONFIRA ABAIXO NOTÍCIAS QUE FORAM DESTAQUE