21 de outubro de 2015

Assaltante de banco Cearazinho foi morto em confronto com a polícia



Um policial civil do estado do Pará foi baleado durante uma troca de tiros com um homem considerado um dos maiores assaltantes de banco da Região Norte do país. O caso ocorreu durante uma operação da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) e da Polícia Civil do Pará no município de Juazeiro do Norte, Interior do CE. O objetivo da Polícia era prender José Hamilton da Silva, o “Cearazinho”, mas a viatura descaracterizada, em que os agentes estavam, foi recebida a bala. Houve uma troca de tiros por volta das 21 horas desta segunda-feira, 19, horário da abordagem. De acordo com o titular da DRF, Raphael Vilarinho, duas equipes da delegacia especializada e uma do estado do Pará chegaram até a residência onde o suspeito estava, mas "Cearazinho" copiava a frequência da Polícia por meio de um rádio de comunicação (HT). "A gente chegou ao local onde eles se encontravam, mas ele viu que era a Polícia e meteu bala no carro onde os policiais estavam. 

Ele provavelmente foi baleado e fugiu para o mato", relatou. O aparelho de radiocomunicação foi apreendido e a Polícia procurava ainda armas que pudessem estar escondidas nas proximidades. O Comando Tático Rural (Cotar), do Batalhão de Choque (BPChoque), foi acionado para dar apoio e procurar o suspeito. Segundo Vilarinho, Hamilton possui treinamento de guerrilheiro pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), que é uma organização guerrilheira com inspiração de esquerda, mas o Governo da Colômbia considera as Farc uma organização terrorista. Histórico criminal Há pelo menos 15 dias a DRF e a Polícia do Pará investigava "Cearazinho". Conforme Vilarinho, Hamilton possui 12 mandados de prisão, a maioria relacionados a assaltos a banco, roubo a carro forte e explosões. Conforme o delegado, apesar do apelido, o suspeito não é cearense e atua em todo o Brasil, sendo conhecido por praticar o assalto no estilo "Cangaço", quando a quadrilha sitia uma cidade armada de fuzis e armas de grosso calibre, faz reféns e foge atirando para causar pânico e temor na Polícia. Segundo a Polícia do Pará, ele é procurado em Rondônia, Acre, Pará, Amazonas e também teria cometi
Pdo crimes em Mato Grosso, na Região Centro-Oeste, Maranhão e Ceará. Crimes contra policiais Segundo o portal Rondônia Agora, o grupo de "Cearazinho" é conhecido pela audácia contra a Polícia. No ano de 2008 o grupo dele baleou um cabo da Polícia Militar durante um assalto a banco. Em 2012 os assaltantes chegaram a invadir um quartel da Polícia Militar de Rondônia da localidade de Jacy, arrombaram os caixas da localidade e mataram um sargento da PM. Em janeiro de 2015, Hamilton fugiu da Casa de Detenção José MárVelho ives, conhecida como Urso Branco, em Porto Velho.
(O POVO Online)










Blog RPI

Um comentário:

gil damasceno disse...

Menos um graças a DEUS!

CONFIRA ABAIXO NOTÍCIAS QUE FORAM DESTAQUE