23 de fevereiro de 2016

Novo Progresso em "Pé de Guerra"


A principal rodovia que liga o Nortão de Mato Grosso a Santarém no Pará, a BR-163, esta bloqueada mais uma vez por indígenas de etnias, pertencentes ao Município de AltamiraNovo Progresso é um cidade em pé de guerra. De um lado, os quase 100 indígenas que exigem direitos por serem os primeiros a habitarem nossas terras, fecham rodovia , colocam uma população em risco por total interesse - próprio ou de alguém - que no anonimato usa muito bem da população indigenistas ( indígenas em pé de guerra) ,fecham rodovia ameaçando incendiar patrimônio publico (veículos da Funai) e ferir quem tenta rebater ou é contra o manifesto. 

Intocáveis humilham a população com seus arcos e flecha, ninguém consegue dialogar, Conversam entre eles no tupi e o macro-jê , exigem a presença do governo federal , mas no fundo não querem mais o dinheiro , que o governo liberou, querem que a superintendência da Funai seja transferida de Marabá para Novo Progresso. Num total jogo de interesse lutam incansavelmente – tipo jogada de mestre; enquanto isto milhares de motoristas, e a população progressense ficam a mercê dos interesses deles, no sofrimento sem realmente entender e poder ir ou vir.
                                       família aguardando rodovia abrir(Foto WhatsApp) 



Muitos até sorri com a desgraça ; bovinos na carroceria de caminhões aguardam na fila sofrendo pelo calor e falta de agua, doentes moribundos tem que esperar a boa vontade dos indígenas para poder chegar até o pronto socorro, e famílias (Foto) vivem como pode em baixo da carroceria dos caminhões. A cidade até a coleta de lixo não pode passar (lixão do outro lado do bloqueio), somos reféns dos interesses indígenas na região. Até quando?

Sem Terra
Outro movimento que bloqueia a rodovia, bem próximo dos indígenas, este infelizmente se não fosse a causa indígena ,a população já teria enfrentado e tirado eles da rodovia. Uma triste verdade, mas que prevaleça a realidade, o governo pouco faz pelo nosso povo, mas defende os indígenas de unhas e dentes, os nossos problemas (Do Branco) sempre em segundo plano.

Descaso- Outro Lado

Enquanto isto o município se depara com outra troca de prefeito , nova administração chegando, e a população imobilizada, ainda não sabe se realmente se isto é bom ou ruim.

Fonte : http://adeciopiran.blogspot.com.br/

Nenhum comentário:

CONFIRA ABAIXO NOTÍCIAS QUE FORAM DESTAQUE