10 de março de 2016

Polícias Civil e Militar fazem buscas a grupo que assaltou dois bancos no sudeste do Pará

 
Mais de 30 homens das Polícias Civil e Militar foram deslocados ao município de Eldorado dos Carajás, no sudeste paraense, para as buscas ao grupo de assaltantes que atacou duas agências bancárias, por volta de 3 horas da manhã, desta quinta-feira, 10.

Sete assaltantes armados chegaram ao município em três veículos. Um caminhão foi queimado sobre uma ponte na estrada estadual, que dá acesso a Parauapebas, para impedir a passagem de viaturas da PM. Outros dois carros, um Golf branco e uma caminhonete, foram usados para chegar ao Banpará e Basa, que ficam próximos um do outro. A tiros, os bancos foram invadidos e os vigilantes que tomam conta das agências foram rendidos.

Os criminosos instalaram explosivos nos caixas eletrônicos e cofres para detoná-los. A explosão danificou a área interna dos bancos. Na fuga, os assaltantes levaram um dos vigilantes como refém e o abandonaram na rodovia BR-155, no trecho da chamada Curva do S, onde seguiram por uma estrada vicinal, que dá acesso às cidades de Piçarra e São Geraldo do Araguaia, no sul do Pará.

Policiais militares dos Grupamentos Táticos de Marabá e Parauapebas foram deslocados para o município, juntamente com policiais civis da Superintendência da Região Sudeste, sediada em Marabá. O helicóptero do Grupamento Aéreo de Segurança Pública de Marabá já está no apoio às buscas aos assaltantes.

Segundo o delegado Marcelo Delgado, titular da Polícia Civil na região sudeste do Pará, as Polícias Civil e Militar dos municípios de Piçarra, São Geraldo do Araguaia, Redenção e Xinguara foram acionadas para fazer barreiras nas estradas de acesso a essas regiões, para tentar interceptar o grupo de assaltantes em fuga.

Ainda não há informações se algum veículo foi queimado na fuga. A unidade do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves de Parauapebas já foi acionada para periciar os bancos. Ainda não há confirmação sobre valores roubados das agências. A Polícia Civil irá deslocar policiais civis da Delegacia de Repressão a Roubos a Bancos (DRRB) para presidir as investigações. 

Fonte :  Agência Pará  / Texto:
Walrimar Santos

Nenhum comentário:

CONFIRA ABAIXO NOTÍCIAS QUE FORAM DESTAQUE