26 de maio de 2016

Triângulo amoroso deixa um morto nos limites de Marabá e Parauapebas.


O envolvimento de dois homens e uma mulher terminou na morte de Adnaldo Cardoso Neres, de 35 anos, natural de Jacundá (PA), no último domingo (22), na Vila Valentim Serra, zona rural de Marabá, limite com o município de Parauapebas.

O principal suspeito de ter cometido o homicídio com um tiro de espingarda é José William, tendo como pivô do crime Paloma Alves de Pereira, de 21 anos, que vivia maritalmente com a vítima.

Em declarações prestadas à imprensa, a acusada contou que a rixa entre os dois começou quando Adnaldo Neres esteve preso no mês passado, suspeito de roubo de moto. No período em que o companheiro esteve encarcerado ela se envolveu com José William, que morava junto com eles. Ao sair da cadeia, Adnaldo descobriu a traição e passou a jurar o rival de morte, sempre que ingeria bebida alcoólica.

Depois de o trio ingerir bebida alcoólica, no último domingo, Adnaldo, movido pelo ciúme, agrediu Paloma Pereira, fato que provocou a ira de William, que aproveitou o momento em que o rival estava dormindo, embriagado, junto de Paloma e desferiu o tiro no peito dele, que veio a óbito no local.

Ainda segundo Paloma, ela acordou assustada com o barulho do tiro e viu William saindo do quarto, enquanto Adnaldo arquejava, dando o último suspiro. Após cometer o crime, William fugiu e até a tarde desta segunda-feira (23) não havia sido localizado. 

Fonte : Blogo do Vela Preta/ Waldyr Silva

Nenhum comentário:

CONFIRA ABAIXO NOTÍCIAS QUE FORAM DESTAQUE