21 de julho de 2016

Exclusivo ! De dentro do presidio em Belém Rafael "Cadáver" se conecta as redes sociais comemora morte de policial em Santarém e acusa repórter de puxa saco da PM

 De dentro do presidio em Belém "Rafael "Cadáver" Pedro Don 

Nos últimos dias O jornalismo Investigativo do Grupo Elias Junior Noticias tem recebido informações e fotos de que Rafael "Cadáver" um dos presos considerados de mais alta periculosidade em santarém, acusado por diversos crimes, entre eles homicídios, assaltos e outros crimes a ele que são imputados pela justiça. 

 Ele vibra e comemora com seus comparsas vagabundos a morte do policial 
As informações e fotos postadas do acusado em redes sociais começaram a aparecer logo depois que aconteceu a morte de um policial na cidade de Santarém, ele estaria se aproveitando que a morte do policial causou uma enxurrada de criticas contra o policial que foi a óbito e a instituição Policia Militar por parte da população e por parte de alguns meios de comunicação que fizeram com que o episodio lamentável se transformasse em uma grande ferida contra a PM de Santarém. 

Depois da divulgação de nossas informações na internet em nosso canal de comunicação Elias Junior Noticias, e com compartilhamentos nas redes sociais, criticas de um elemento que se esconde em um perfil no Facebook como "PEDRO DON" que constantemente começou a fazer apologias ao crime contra policiais e com o repórter policial Elias Junior o chamando de Puxa Saco de Policia e outras coisas mais.  

 Conversa de "Cadáver" Pedro Don com seus comparsas 

No perfil usado por ele ele se exibe dentro de uma cela de um presidio e posta comentários que são respondidos por parentes dele em Santarém, em uma das conversas um dos conhecidos de "Cadáver" chegou a chama-lo de Rafael mais foi logo deletado por uma suposta irmã do bandido.

Uma pergunta que não quer calar, a população já está cansada de saber e quer uma resposta das autoridades judiciais do País a respeito da entrada de celulares em presídios com a maior facilidade, onde detentos de alta periculosidade postam fotos a dão ordens de dentro para fora do presidio para que os outros vagabundos façam trabalhos sujos, matem policiais e toquem o terror fora das grades.

Na cidade de Santarém apesar das fiscalizações a entrada de drogas em quantidade e de aparelhos celulares e gigantesca as autoridades nada fazem para solucionar os problemas, A Policia Militar não tem contato através de celulares dentro do presidio mais os presos falam e postam em redes sociais abertamente.

Vale ressaltar que "cadáver" está em um presidio na capital do estado, e depois que as fotos começaram a vazar em grupos de watzzapp ele já retirou o perfil e também pessoas ligadas a ele já apagaram todas as conversas.


Fonte : Elias Junior Noticias / Em parceria com o Blog do JK 


Nenhum comentário:

CONFIRA ABAIXO NOTÍCIAS QUE FORAM DESTAQUE