7 de novembro de 2016

Direito de Resposta do caso falta de água no KM 85 Rurópolis


Baseado em uma matéria que foi publicada pelo nosso canal de noticias, no ultimo Domingo (06) em que nossa redação foi acionada por alguns moradores da Comunidade Água Azul localizada no Km 85 da BR 230 Transamazônica no município de Rurópolis onde denunciantes nos informaram a respeito de um poço de abastecimento de água que segundo denunciantes foi desativado por um morador, nossa equipe foi procurada por uma moradora da localidade que gentilmente contestou a publicação e deu a sua versão para o caso. 

A Moradora que não se identificou disse que não é a comunidade inteira que está sem água como falamos na matéria, ela disse que  o poço não é o o único que abastece a comunidade, "Aquele poço lá era particular era de propriedade do candidato a vereador e ele vendeu a propriedade e quem retirou a bomba do poço foi o novo proprietário e não éle, e aqui existe também outros poços aquele não era o único, lá não era toda a população que usava o poço e sim aproximadamente 10 moradores que moram ao redor do poço e que usaram até os dias de hoje de graça sem pagar absolutamente nada". Finalizou a moradora que pediu o direito de resposta.


Vale ressaltar que nossa equipe foi acionada por algumas pessoas que mais uma vez relembramos que temos o direito de resguardar os nomes desses denunciantes que se acharam prejudicados com a tal situação, e mesmo tendo o nome citado por essas pessoas também não divulgamos o nome dessa pessoa.

O verdadeiro proprietário do terreno entrou em contato com nossa equipe e disse que um dos motivos de ele ter retirado a bomba de água foi pelo fato de que os fios estavam no local todos desencapados ocasionando perigo para as pessoas, ele disse também que a propriedade é sua particular e que ele tem o direito de fazer oque ele quiser. Para finalizar ele disse também que a retirada da bomba do poço não tem nada haver com  politica.


NOTA DO EDITOR : Mais uma vez reiteramos que fomos acionados para fazer a matéria pelo fato do depoimento que nos foi passado pelos denunciantes, mais que analisando o caso através do direito de resposta que nos foi enviado deu para perceber que a propriedade é particular é o dono tem o direito de fazer oque ele bem quiser pelo fato de que o terreno é de sua propriedade e que ele não é obrigado a fazer oque os outros querem.  

Fonte : Elias Junior Noticias 

Nenhum comentário:

CONFIRA ABAIXO NOTÍCIAS QUE FORAM DESTAQUE