21 de julho de 2017

Elias Junior Falando Francamente ! Vagas para concurso da PM insuficientes para todo estado do Pará


Mais uma vez  o governo do estado querendo passar idéias de preocupação com a segurança pública para a sociedade, um dos exemplos recentes foi o ultimo concurso da Policia Militar que candidatos aprovados que ficam como excedentes não são chamados para as fileiras da PMPA. 

Isso é pura fachada uma propaganda enganosa, é a falsa ilusão de segurança que querem passar para a população. Tomem como exemplo esse concurso da PM. O efetivo  da  Polícia  Militar  do  Pará fixado  em  lei  é  31.757,  porém  o estado  contava  com  apenas  15.455 até dezembro de 2015. Atualmente é 13.748. Então somos deparados com essa matéria onde eles estão  enchendo a sua bola passando a falsa ilusão que haverá  um Aumento no efetivo  da Polícia com a contratação de 2.194 novos polícias, quando na verdade esse número irá apenas substituir os que foram mortos, afastados, liminar caída, aposentados, foram pra  reservas.

Mais de 1000 será só pra substituir. O efetivo atual é menos que a metade exigido por lei. Em uma situação em que o estado precisa de mais de 15 mil novos polícias o estado faz um concurso abrindo vagas com apenas 2.194 candidatos sendo que a metade é pra substituir e não pra somar, isso é repugnante é odioso é causa indignação. Deveriam no mínimo chamar os excedentes desses concursos que não somam nem 700 candidatos já que não querem de fato fazer um concurso digno. 

Como fez o Rio Grande do Sul  por exemplo, Abriu concurso com 6.100 vagas. E sabemos que há verbas pra isso aqui no estado. Atualmente foi aprovado a lei que da  folga de mais de 1 bilhão e 100 milhões pra o estado. Parem de querer enganar a população com mentiras, parem de querer mostrar que estão preocupados com a segurança pública. Parem de fachadas ! 

 Esse é uma LOB que foi aprovada esse mês pelo estado, porém não está sendo cumprida
 Obs.: Sidney (um dos excedentes do concurso PMPA 2016/17), ficou como um dos excedentes e não vai ser chamado para a PM. 

Fonte : Grupo Elias Junior Noticias

Nenhum comentário:

CONFIRA ABAIXO NOTÍCIAS QUE FORAM DESTAQUE