23 de agosto de 2017

POLÍCIA CIVIL E MILITAR DEFLAGRAM OPERAÇÃO CHÃO DE GIZ


No início da tarde de ontem, segunda-feira, 21/08/2017, foi deflagrada a Operação Chão de Giz, onde policiais civis e militares prenderam VALMIR ROGÉRIO DE LIMA, um dos acusados de ser o autor do crime de homicídio do professor EDIVAN FERNANDES DE OLIVEIRA, alvejado por disparo de arma de fogo na altura do rosto, e em seguida degolado, fato ocorrido na data de 19/05/2017, por volta das 07hs, no Km 85, BR 230, quando um homem desconhecido com uma espingarda nas costas teria fugido do local pilotando uma motocicleta.

As investigações estavam sendo levantadas em sigilo desde a época do fato. Foram requeridas uma série de medidas cautelares em pelo menos três residências, inclusive do suposto autor do crime, o qual teve sua prisão temporária decretada pelo Juiz da Comarca.

Em uma das residências foi encontrada uma espingarda calibre 32, cartuchos deflagrados de espingarda, vários frascos de chumbo, os quais foram apreendidos

Também foram encontrados vários cartuchos deflagrados de espingarda que estavam numa bolsa próximo do documento de identidade de VALMIR DE LIMA.

Na delegacia, o conduzido nega autoria do crime, contudo as investigações e depoimentos apontam que o crime teria sido praticado em razão de ódio e/ou vingança, haja vista que o autor do fato estaria passando por questões conjugais, em processo de separação, momento em que a ex-companheira se aproximou da vítima, estreitando laços de amizade e confidências, sendo que há informes que a vítima teria intermediado um relacionamento afetivo entre a ex-esposa do indiciado com outro homem; Que, também, levantou-se que na data do crime, a vítima estaria organizando a comemoração do aniversário da ex-esposa do autor do fato no seu Balneário Agua Boa, onde a vítima foi assassinada. Os Autos do Inquérito Policial, apontam que o suspeito estaria alienando bens a fim de mudar-se para outro Estado, prejudicando sensivelmente a aplicação da lei penal. 

A ação integrada foi coordenada pelo Delegado de Polícia Civil Dr., Ariosnaldo da Silva Vital Filho, com supervisão do Superintendente Regional do Tapajós, Dr., Vicente Ferreira Gomes.

A operação contou com a participação de policiais civis, sob o comando do delegado Ariosnaldo da Silva Vital Filho e militares da 17ª CIPM, sob o comando do Major/PM Márcio Abud.
VALMIR ROGÉRIO DE LIMA já está recolhido à disposição da justiça.




Fonte: GRUPO ELIAS JUNIOR NOTICIAS / POLICIA CIVIL DE RURÒPOLIS

Nenhum comentário:

CONFIRA ABAIXO NOTÍCIAS QUE FORAM DESTAQUE